Veja se o Onix Joy tem preço competitivo, consumo apropriado e ficha técnica conveniente

Carros
4 semanas atrás
Veja se o Onix Joy tem preço competitivo, consumo apropriado e ficha técnica conveniente

Há aqueles que fala, que o carro foi completamente modificado em sua estrutura, e que, baixo da velha carroceria do Onix, e a versão Joy oferece melhorias de opções mais caras por preços mais interessantes. Já as peças que caracterizam o visual receberam poucas ou nenhuma mudança. O carrinho chega no mercado, carregando um motor 1.4 ECO combinado à transmissão MT6, ganhando a corrida pelo seu destaque como o mais econômico desta categoria. A Linha 2018 tem reforçado pacote de segurança e conforto.

Versão Chevrolet Onix Joy 2018

A fabricante garante que o novo Chevrolet Onix Joy foi feito para os dias de hoje. Ele vem equipado com unm motor 1.0L de 80 cv, direção elétrica progressiva e transmissão manual de 6 velocidades.

Preço Chevrolet Onix Joy 2018

Preço sugerido na versão de entrada do modelo é a partir de R$ 43.290,00. Há formas de parcelamento com altas entradas, que deixam a parcela do financiamento ficarem bem menores. Ou seja, para fazer a troca do seu usado, mais uma parte em dinheiro parcelando o restante, pode ser uma boa opção.

O Onix ficou mais barato

O modelo entra no lugar do celta, o que não significa ser excessivamente despojada. É um modelo que praticamente não sofreu reajustes estéticos, tanto é que o design é igual ao da pré-reestilização. Para quem é fã do modelo, ele segue nos mesmo padrões, mesmo em versões menos acessíveis. Enquanto Fiat e Volkswagen criaram modelos compactos focando no segmento de entrada, a Chevrolet seguiu na linha da versão sendo identificada pelo “Joy”.

Um pouco sobre performance, desempenho e conforto do Onix Joy

É um carro capaz de atender qualquer necessidade de trajeto, e o modelo conectado é capaz de combinar a precisão da direção elétrica com inovações tecnológicas que ajudam a melhorar a sua eficiência energética, como o motor 1.0 SPE/4 ECO combinado a transmissão manual de 6 velocidades.

O Onix Joy por fora

Seu formato foi desenvolvido para o dia a dia contemporâneo, tanto é que trata-se de um dos carros mais vendidos do Brasil, podendo aparecer mais equipado com faróis cromados e para-choque pintado na cor do veículo.

Onix Joy (foto: divulgação)
Onix Joy (foto: divulgação)

Onix Joy – Cores disponíveis:

Preto Ouro Negro (Metálica) – R$ 0
Branco Summit (Sólida) – R$ 600
Vermelho Chili (Metálica) – R$ 1.350
Cinza Graphite (Metálica) – R$ 1.3503
Prata Switchblade (Metálica) – R$ 1.350

O Onix Joy por dentro

A direção foi substituída da hidráulica para a elétrica, garantindo maior conforto ao motorista durante manobras, considerando também a melhora no câmbio, agora com seis marchas que oferecem marchas suaves capazes de reduzir o consumo de combustível. A linha Onix oferece, de fábrica, itens como direção elétrica, ar-condicionado, painel digital, vidros elétricos etc; nossa versão Onix Joy está menos equipada. Não está, de cara, com travas elétricas, alarme, adesivo preto para as colunas B, alto-falantes ou central multimídia (que é mais simples, inclusive) isso é um pacote opcional com preço aproximado de R$ 4.190,00.

Onix Joy - interior (foto: divulgação)Onix Joy - interior (foto: divulgação)
Onix Joy – interior (foto: divulgação)

Onix Joy e seu custo-benefício

O seu espaço interno e o acabamento acertado são pontos de grande diferencial que compõem muito bem o modelo. Porém, recebeu personalidade ficando longe dos irmãos, deixando a desejar em alguns detalhes. Comandos dos vidros elétricos dianteiros mudaram para o console central, fora o MyLink que trocou de lugar a outra central multimídia de aspecto simples e funcionamento que precisa ser melhorado.

A suspensão aparece recalibrada oferecendo uma estabilidade de curvas mais precisa, mas ao passar por buracos, há certo desconforto para passageiros dos bancos traseiros. O modelo aparece sem detalhes como o acabamento cromado em maçanetas e pelos comandos de climatização. A boa noticia é que plásticos que ficaram no lugar dos belos acabamentos, estão alinhados e equiparado ao padrão de mercado em veículos concorretes.

Painéis de porta foram redesenhados e os botões dos vidros elétricos dianteiros, para diferenciar claramente os modelos mudaram para a parte entre os bancos dianteiros. O ar-condicionado e direção elétrica acompanham o modelo como item de série, porém, esta lista é bem pequena. Ficaram de fora itens como travas elétricas, alarme e equipamento de som. Quando o Onix Joy é comparado aos outros modelos Onix, nota-se um novo conjunto de iluminação alaranjada tanto no quadro de instrumentos quanto no painel. Outras versões mantiveram o azulado.

O que não é legal e deixou a desejar em nossa opinião sobre a versão Onix Joy 2018 da Chevrolet

Por fora, o carro é basicamente o mesmo. Mas o motor é uma das grandes melhorias, ou seja, com o intuito de suprir a ausência de um três cilindros, o motor 1.0 flex de 8V recebeu de presente pistões e bielas mais leves, óleo de menor viscosidade e central eletrônica, o que favorece muito na capacidade de processamento, e o um câmbio manual que conta com uma marcha a mais, seis marchas. A proposta é de que o carro fique mais eficiente e econômico.

Mas não são só alegrias, um problema para muitos motoristas é a ausência na regulagem de altura e profundidade da coluna de direção, o que incomoda motoristas com biotipo mais altos, já que o modelo traz um posicionamento mais elevado entre outros do mercado. Mas os números de venda mostram que a versão pode ter caido um pouco no gosto do brasileiro.

Ao volante

O sofrimento para motoristas mais altos é claro, afinal, o volante não recebeu qualquer ajuste de altura para o banco do motorista. Então nossa versão Onix Joy não facilita na hora de encontrar a melhor posição de dirigir. O modelo está mais macio de guiar, por conta da troca da direção hidráulica para a da direção elétrica. É preciso dizer que em geral, este modelo, Onix Joy, é um veículo que oferece muita confiança e é macio para dirigir (diferente de ser um molenga), mesmo com a suspensão 1 cm mais próxima do chão. Na parte de trás, existe bom espaço para cabeça e para as pernas dos passageiros, mas faltam cinto de três pontos e apoio de cabeça para quem viaja no meio, além do banco bipartido, retirado de toda a gama.

Confirme de comprar um Onix Joy 2018 vale a pena?

Na verdade, a respostá é bem simples. Não. Pensada principalmente para frotistas, a versão de entrada não consegue justificar a diferença em relação aos modelos reestilizados para o consumidor final. O amplo espaço interno e o acabamento correto pesam a favor do hatch, mas a lista de equipamentos traz apenas o básico por um preço que esbarra na faixa dos R$ 40 mil. Ou seja, vale mais guardar um pouco de dinheiro (ou aumentar as parcelas) e levar o LT 1.0 para casa.

Como responde o Onix Joy em média?

Aceleração
0 – 100 km/h: 13,8 s
0 – 400 m: 19 s
0 – 1.000 m: 35,2 s
Vel. a 1.000 m: 147,9 km/h
Vel. real a 100 km/h: 95 km/h
Retomada
40-80 km/h (3ª m): 8,2 s
60-100 km/h (4ª m): 12,6 s
80-120 km/h (5ª m): 21,6 s
Frenagem
100 – 0 km/h: 42,2 m
80 – 0 km/h: 26,9 m
60 – 0 km/h: 15 m

Conheça a ficha técnica Onix Joy 2018

MOTORIZAÇÃO

Tipo: Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol
Cilindros: 4 em linha
Válvulas: 8 (SOHC)
Taxa de compressão: 12.6
Injeção eletrônica de combustível: M.P.F.I.

Potência

Gasolina: 78 cv (57,4 kW/ 76,9 hp) @ 6400 rpm
Etanol: 80 cv (58,8 kW/ 78,9 hp) @ 6400 rpm

Torque

Gasolina: 9,5 mkgf (93 Nm) @ 5200 rpm
Etanol: 9,8 mkgf (96 Nm) @ 5200 rpm

TRANSMISSÃO

Tipo: Manual de 6 velocidades

FREIOS

Sistema Hidráulico com duplo circuito distribuido em diagonal
Dianteiros: A disco ventilado
Traseiros: A tambor

DIREÇÃO

Tipo: Elétrica Progressiva

SUSPENSÃO

Dianteira: Independente tipo “McPherson”, sem barra estabilizadora, molas helicoidais com carga lateral linear, amortecedor telescópico pressurizado estrutural
Traseira: Semi independente, com eixo torção, sem barra estabilizadora, mola helicoidal com constante elástica linear e amortecedor telescópico pressurizado

RODAS E PNEUS

Rodas: Aço estampado 5J x 14, 4 furos, com calota integral presa por parafusos (Roda sobressalente de aço estampado 4B x 16)
Pneus: 185/70 R14

SISTEMA ELÉTRICO

Bateria: 50Ah
Alternador: 100 Ah

DIMENSÕES

Comprimento Total: 3,930 mm
Largura – carroceria: 1,705 mm
Largura Total – espelho a espelho: 1,964 mm
Altura: 1,474 mm
Distância entre eixos: 2,528 mm

CAPACIDADES

Tanque de combustível: 54 L
Porta-malas (litros)
Compartimento fechado: 289 L
Até o canto superior encosto banco: 293 L
Alinhado encosto banco e ao teto: 342 L
Bancos rebatidos: 1,020 L

carro.blog.br

O carro.blog.br é um espaço voltado para quem ama as máquinas que nos fazem companhia tanto na rotina do dia a dia quanto na diversão do final de semana.

Vamos Bater um Papo?