Veja se o Onix Joy tem preço competitivo, consumo apropriado e ficha técnica conveniente

Há aqueles que fala, que o carro foi completamente modificado em sua estrutura, e que, baixo da velha carroceria do Onix, e a versão Joy oferece melhorias de opções mais caras por preços mais interessantes. Já as peças que caracterizam o visual receberam poucas ou nenhuma mudança. O carrinho chega no mercado, carregando um motor 1.4 ECO combinado à transmissão MT6, ganhando a corrida pelo seu destaque como o mais econômico desta categoria. A Linha 2018 tem reforçado pacote de segurança e conforto.

Carros
4 meses atrás
Veja se o Onix Joy tem preço competitivo, consumo apropriado e ficha técnica conveniente

Versão Chevrolet Onix Joy 2018

A fabricante garante que o novo Chevrolet Onix Joy foi feito para os dias de hoje. Ele vem equipado com unm motor 1.0L de 80 cv, direção elétrica progressiva e transmissão manual de 6 velocidades.

Preço Chevrolet Onix Joy 2018

Preço sugerido na versão de entrada do modelo é a partir de R$ 43.290,00. Há formas de parcelamento com altas entradas, que deixam a parcela do financiamento ficarem bem menores. Ou seja, para fazer a troca do seu usado, mais uma parte em dinheiro parcelando o restante, pode ser uma boa opção.

O Onix ficou mais barato

O modelo entra no lugar do celta, o que não significa ser excessivamente despojada. É um modelo que praticamente não sofreu reajustes estéticos, tanto é que o design é igual ao da pré-reestilização. Para quem é fã do modelo, ele segue nos mesmo padrões, mesmo em versões menos acessíveis. Enquanto Fiat e Volkswagen criaram modelos compactos focando no segmento de entrada, a Chevrolet seguiu na linha da versão sendo identificada pelo “Joy”.

Um pouco sobre performance, desempenho e conforto do Onix Joy

É um carro capaz de atender qualquer necessidade de trajeto, e o modelo conectado é capaz de combinar a precisão da direção elétrica com inovações tecnológicas que ajudam a melhorar a sua eficiência energética, como o motor 1.0 SPE/4 ECO combinado a transmissão manual de 6 velocidades.

O Onix Joy por fora

Seu formato foi desenvolvido para o dia a dia contemporâneo, tanto é que trata-se de um dos carros mais vendidos do Brasil, podendo aparecer mais equipado com faróis cromados e para-choque pintado na cor do veículo.

Onix Joy (foto: divulgação)
Onix Joy (foto: divulgação)

Onix Joy – Cores disponíveis:

Preto Ouro Negro (Metálica) – R$ 0
Branco Summit (Sólida) – R$ 600
Vermelho Chili (Metálica) – R$ 1.350
Cinza Graphite (Metálica) – R$ 1.3503
Prata Switchblade (Metálica) – R$ 1.350

O Onix Joy por dentro

A direção foi substituída da hidráulica para a elétrica, garantindo maior conforto ao motorista durante manobras, considerando também a melhora no câmbio, agora com seis marchas que oferecem marchas suaves capazes de reduzir o consumo de combustível. A linha Onix oferece, de fábrica, itens como direção elétrica, ar-condicionado, painel digital, vidros elétricos etc; nossa versão Onix Joy está menos equipada. Não está, de cara, com travas elétricas, alarme, adesivo preto para as colunas B, alto-falantes ou central multimídia (que é mais simples, inclusive) isso é um pacote opcional com preço aproximado de R$ 4.190,00.

Onix Joy - interior (foto: divulgação)Onix Joy - interior (foto: divulgação)
Onix Joy – interior (foto: divulgação)

Onix Joy e seu custo-benefício

O seu espaço interno e o acabamento acertado são pontos de grande diferencial que compõem muito bem o modelo. Porém, recebeu personalidade ficando longe dos irmãos, deixando a desejar em alguns detalhes. Comandos dos vidros elétricos dianteiros mudaram para o console central, fora o MyLink que trocou de lugar a outra central multimídia de aspecto simples e funcionamento que precisa ser melhorado.

A suspensão aparece recalibrada oferecendo uma estabilidade de curvas mais precisa, mas ao passar por buracos, há certo desconforto para passageiros dos bancos traseiros. O modelo aparece sem detalhes como o acabamento cromado em maçanetas e pelos comandos de climatização. A boa noticia é que plásticos que ficaram no lugar dos belos acabamentos, estão alinhados e equiparado ao padrão de mercado em veículos concorretes.

Painéis de porta foram redesenhados e os botões dos vidros elétricos dianteiros, para diferenciar claramente os modelos mudaram para a parte entre os bancos dianteiros. O ar-condicionado e direção elétrica acompanham o modelo como item de série, porém, esta lista é bem pequena. Ficaram de fora itens como travas elétricas, alarme e equipamento de som. Quando o Onix Joy é comparado aos outros modelos Onix, nota-se um novo conjunto de iluminação alaranjada tanto no quadro de instrumentos quanto no painel. Outras versões mantiveram o azulado.

O que não é legal e deixou a desejar em nossa opinião sobre a versão Onix Joy 2018 da Chevrolet

Por fora, o carro é basicamente o mesmo. Mas o motor é uma das grandes melhorias, ou seja, com o intuito de suprir a ausência de um três cilindros, o motor 1.0 flex de 8V recebeu de presente pistões e bielas mais leves, óleo de menor viscosidade e central eletrônica, o que favorece muito na capacidade de processamento, e o um câmbio manual que conta com uma marcha a mais, seis marchas. A proposta é de que o carro fique mais eficiente e econômico.

Mas não são só alegrias, um problema para muitos motoristas é a ausência na regulagem de altura e profundidade da coluna de direção, o que incomoda motoristas com biotipo mais altos, já que o modelo traz um posicionamento mais elevado entre outros do mercado. Mas os números de venda mostram que a versão pode ter caido um pouco no gosto do brasileiro.

Ao volante

O sofrimento para motoristas mais altos é claro, afinal, o volante não recebeu qualquer ajuste de altura para o banco do motorista. Então nossa versão Onix Joy não facilita na hora de encontrar a melhor posição de dirigir. O modelo está mais macio de guiar, por conta da troca da direção hidráulica para a da direção elétrica. É preciso dizer que em geral, este modelo, Onix Joy, é um veículo que oferece muita confiança e é macio para dirigir (diferente de ser um molenga), mesmo com a suspensão 1 cm mais próxima do chão. Na parte de trás, existe bom espaço para cabeça e para as pernas dos passageiros, mas faltam cinto de três pontos e apoio de cabeça para quem viaja no meio, além do banco bipartido, retirado de toda a gama.

Confirme de comprar um Onix Joy 2018 vale a pena?

Na verdade, a respostá é bem simples. Não. Pensada principalmente para frotistas, a versão de entrada não consegue justificar a diferença em relação aos modelos reestilizados para o consumidor final. O amplo espaço interno e o acabamento correto pesam a favor do hatch, mas a lista de equipamentos traz apenas o básico por um preço que esbarra na faixa dos R$ 40 mil. Ou seja, vale mais guardar um pouco de dinheiro (ou aumentar as parcelas) e levar o LT 1.0 para casa.

Como responde o Onix Joy em média?

Aceleração
0 – 100 km/h: 13,8 s
0 – 400 m: 19 s
0 – 1.000 m: 35,2 s
Vel. a 1.000 m: 147,9 km/h
Vel. real a 100 km/h: 95 km/h
Retomada
40-80 km/h (3ª m): 8,2 s
60-100 km/h (4ª m): 12,6 s
80-120 km/h (5ª m): 21,6 s
Frenagem
100 – 0 km/h: 42,2 m
80 – 0 km/h: 26,9 m
60 – 0 km/h: 15 m

Conheça a ficha técnica Onix Joy 2018

MOTORIZAÇÃO

Tipo: Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol
Cilindros: 4 em linha
Válvulas: 8 (SOHC)
Taxa de compressão: 12.6
Injeção eletrônica de combustível: M.P.F.I.

Potência

Gasolina: 78 cv (57,4 kW/ 76,9 hp) @ 6400 rpm
Etanol: 80 cv (58,8 kW/ 78,9 hp) @ 6400 rpm

Torque

Gasolina: 9,5 mkgf (93 Nm) @ 5200 rpm
Etanol: 9,8 mkgf (96 Nm) @ 5200 rpm

TRANSMISSÃO

Tipo: Manual de 6 velocidades

FREIOS

Sistema Hidráulico com duplo circuito distribuido em diagonal
Dianteiros: A disco ventilado
Traseiros: A tambor

DIREÇÃO

Tipo: Elétrica Progressiva

SUSPENSÃO

Dianteira: Independente tipo “McPherson”, sem barra estabilizadora, molas helicoidais com carga lateral linear, amortecedor telescópico pressurizado estrutural
Traseira: Semi independente, com eixo torção, sem barra estabilizadora, mola helicoidal com constante elástica linear e amortecedor telescópico pressurizado

RODAS E PNEUS

Rodas: Aço estampado 5J x 14, 4 furos, com calota integral presa por parafusos (Roda sobressalente de aço estampado 4B x 16)
Pneus: 185/70 R14

SISTEMA ELÉTRICO

Bateria: 50Ah
Alternador: 100 Ah

DIMENSÕES

Comprimento Total: 3,930 mm
Largura – carroceria: 1,705 mm
Largura Total – espelho a espelho: 1,964 mm
Altura: 1,474 mm
Distância entre eixos: 2,528 mm

CAPACIDADES

Tanque de combustível: 54 L
Porta-malas (litros)
Compartimento fechado: 289 L
Até o canto superior encosto banco: 293 L
Alinhado encosto banco e ao teto: 342 L
Bancos rebatidos: 1,020 L

Motor Poderoso

Aqui nós escrevemos mais que sobre os carros, motos e afins, nosso site é voltado para quem quer saber detalhes ou tem dúvidas sobre questões técnicas, design, até custo benefício de veículos famosos ou exclusivos, populares ou aqueles que saíram de linha.

Vamos Bater um Papo?