Como identificar um carro SUV?

Todas as características necessárias para você identificar quais são os SUVs, quais não são e entender todas as diferenças na hora de fazer a sua escolha. São dicas válidas para quem ainda pensa em comprar seu primeiro ou para os consumidores que já compraram o seu e ficar de olho em cada detalhe.

Autos
5 meses atrás
Como identificar um carro SUV?

Características de um SUV

Acredito que o sonho da maioria das pessoas é comprar um carro, cada pessoa tem um gosto diferente, por isso as montadoras fazem automóveis de diferentes modelos, portes, potências, tamanhos e vários outros detalhes que diferenciam muito de um veiculo para o outro, porem há um modelo que esta em alta no gosto do brasileiro, para alguns ele é chamado de utilitário esportivo, porem o nome SUV caiu no gosto do consumidor.

Veiculo utilitário esportivo, ou mais conhecido como SUV (Sport Utility Vehicle), um dos modelos mais conhecidos nesta categoria é o Chevrolet Suburban, este modelo fez muito sucesso na década de 1930, com 8 lugares muito confortáveis e muito espaço para bagagem, esse modelo é muito utilizado até hoje, devido seu enorme sucesso, as outras montadoras passaram a produzir modelos semelhantes, os SUVs são a composição de um chassi de picape com a carroceria de perua, utilizado em todo o mundo, os SUVs, muitas das vezes davam a primeira impressão de não serem muito confortáveis.

Veículo unitário esportivo, conhecido como SUV, possui tração nas quatros rodas para se adaptar em qualquer tipo de terreno, semelhante a uma camioneta.
Um exemplo de um veículo unitário esportivo compacto é o Renault Duster, que faz uso da mesma analogia do Renault Logan e o Renault Sandero.

Esses tipos de veículos modelo SUV são de um porte mais avantajados que apresentam um aspecto de design e interior em alusão aos veículos familiares conhecido como “peruas”, ou seja, são derivados de caminhonetes. Os modelos Hummer H2 e H1 deriva , por exemplo, dos jipe usados pelo exército americano nas guerras.

Um veículo SUV apresenta uma capota até o final do veículo, e internamente dispõem de bancos traseiros e porta-malas, muitos até comportam a terceira fileira de bancos, podendo totalizar até nove assentos, são carros tamanho família.

O termo original de SUV surge do modelo de carro lançado pela Chevrolet em 1933 conhecidos como veículo suburbano que vem da sigla inglesa Suburban. Constitui-se em uma caminhonete com cabine estendida, ideal para a utilização das famílias de zonas suburbanas das grandes cidades americanas.

E o interesse dos concorrentes cresceu com o sucesso da venda do Suburban, que fizeram com que investissem nesse conceito para evoluírem com categoria própria, e assim apelidada como categoria SUVs ( veículos suburbanos).

Já o termo veículo unitário esportivo surge para diferenciar os demais carros dessa categoria. O único problema é que consomem mais combustível do que modelos sedan, devido ao peso de arrasto elevado.

Porque não devemos comparar SUV com Crossover

Em 1999 foi lançada pela BMW a primeira SUV X5, construído sobre uma plataforma única, mudando totalmente o começo dos modelos SUVs de antigamente que eram montados sobre chassis já existentes, habitual de uma picape ou até mesmo um caminhão de pequeno porte.

O problema é que o porte dos modelos SUVs foram ficando dispensáveis nos centros de algumas cidades mais grandes, por conta do grande fluxos de veículos nas ruas ficaram cada vez mais estreitos, buscando inovar para solucionar esses tipos de problemas, desenvolveram um carro num tamanho reduzido, nomeado como hatch, porem com as mesmas características dos SUVs, como tração nas quatro rodas, espaço interior e altura entre o chão e o veiculo.

Desta forma foram criados os crossovers, com a primeira representante Nissan Qashqai, lançado em 2007.

Logo depois surgiram os sedãs, conversíveis e os cupês, unindo as particularidades e atributos do unitários, como no caso, o Evoque Cabrio. Com isso evidentemente deixa claro que os modelos como a Eco Sport, Creta, Tucson, Tracker, Kicks e HR-V que são os mais vendidos aqui como SUV são na verdade Crossover. Visual aventureiro, menores e mais compactos, estão adaptados para uso urbano.

Entretanto essa relação, não quer dizer que os fabricantes não saibam em qual categoria se encaixa seus veículos, usam como na verdade de ser um jeito mais fácil de entender e consequentemente comercializar mais unidades. Um exemplo claro disso é o Dodger Journey e o Freemont da montadora Fiat, que são exatamente o mesmo carro, porém chamados de formas diferentes por sua marca, o Dodger é um crossover e o Fiat que já saiu de linha é um SUV.

Uma lista dos carros mais vendidos feita pela Fenabrave em fevereiro compreendeu 40 modelos diferentes desde Duster até Volvo XC90, onde unitários e crossover aparecem todos juntos como SUVs. Outro ponto notável do início dos unitários esportivos eram comerciais de pequeno porte, segundo a nossa legislação, entre os automóveis.

Os SUVs no gosto dos consumidores brasileiros

Os SUVs e os crossovers, não andam assustando muito os consumidores que desejam possuir um exemplar da série, em relação a valores comparados com os anos anteriores, em 2018 os SUVs, ficaram em segundo lugar no ranking das vendas de veículos no Brasil. Responsável por quase 23% de suas unidades comercializadas, forma de quase 23%, perdendo apenas para os da categoria hatches, como o HB20, Sandero, Onix entre outros exemplares do mesmo seguimento que atingiram pouco mais de 27% de comercialização dos automóveis no Brasil. Por tanto, se você deseja fazer parte dos proprietários de SUVs, uma coisa é clara, você não vai querer nem um outro modelo depois.

Motor Poderoso

Aqui nós escrevemos mais que sobre os carros, motos e afins, nosso site é voltado para quem quer saber detalhes ou tem dúvidas sobre questões técnicas, design, até custo benefício de veículos famosos ou exclusivos, populares ou aqueles que saíram de linha.

Vamos Bater um Papo?